Logo CMPS

Log in
updated 2:28 PM -03, Oct 11, 2019

Encontro da Família Vicentina reúne mais de 1300 pessoas para celebrar o Jubileu de Ouro da CMPS

Encontro Famvin 2Mais de 1300 pessoas vivenciaram um dia muito especial no último domingo, 22 de setembro de 2019. Integrantes de todos os ramos ajudaram a compor o Encontro da Família Vicentina, realizado na Paróquia Nossa Senhora da Anunciação, na Colônia Dom Pedro II, em Campo Largo – evento que contou com a participação do Pe. Tomaž Mavrič, Superior Geral da Congregação da Missão e da Companhia das Filhas da Caridade.

Foi um dia de comemoração pelos 50 anos da Congregação da Missão - Província do Sul, de gratidão por todas as conquistas e pessoas envolvidas com o carisma vicentino e de novos compromissos firmados, para continuidade da missão. 

Programação repleta de reflexão e espiritualidade

A programação começou com um café da manhã de acolhida. Às 8h30, uma reflexão foi conduzida pelo Núcleo Santa Luiza de Marillac, dos Missionários Leigos Vicentinos do Paraná (Misevi), de Prudentópolis (PR). Foram apresentados alguns dados sobre fome, desemprego, depressão, pobreza, entre outros tópicos que ajudaram a refletir sobre a realidade atual e a necessidade de ação. 

Na sequência, jovens conduziram a entrada da Bíblia e representantes de todas as paróquias e ramos ligados à Província levaram suas bandeiras até o palco do salão paroquial. “Damos graças pela diversidade e riqueza de nossa Família Vicentina”, destacou Pe. Ilson Hubner.

A caravana de Mafra (SC) trouxe a banda que animou todo o dia de festividades e apresentou um teatro sobre a história da CMPS, desde a vinda dos primeiros imigrantes poloneses, dos primeiros missionários e das Irmãs Filhas da Caridade, até o desenvolvimento das obras. “Olhando para a nossa história, descobrimos quão grande era o desejo evangelizador dos nossos primeiros missionários. Eles não mediram esforços para que a semente da Palavra chegasse ao chão. Semearam, semearam… Este é o nosso desafio: semear o carisma vicentino, mantendo sua força e vitalidade”, comentou Pe. Ilson.

Outros momentos marcantes foram: a acolhida à imagem de Nossa Senhora Aparecida; às capelinhas do Ano Jubilar, que percorreram as comunidades ao longo deste período celebrativo; e à imagem de São Vicente de Paulo.

Encontro Famvin 3“Para mim, é uma grande graça estar aqui, unido com tantos membros da Família Vicentina”, afirmou Pe. Tomaž Mavrič. Em sua fala, ele destacou que a Famvin está presente em 158 países, com 160 ramos. “É muito importante que todos nós nos sintamos membros de uma mesma família. Aqui na Família Vicentina, somos todos iguais. Alguns ramos possuem mais integrantes, outros menos, mas o importante é que todos ajudem o carisma a crescer. Se nós sonharmos juntos, o sonho se faz realidade”, disse.

Após a apresentação do Superior Geral, os fiéis preencheram a Paróquia para acompanhar a adoração ao Santíssimo Sacramento – momento conduzido pelo Pe. Martin A. Haubert Stein, de Guamiranga (PR).

Confraternização

Um típico churrasco de Igreja marcou a hora de almoço e de confraternização entre as pessoas vindas das diversas cidades da Província.

“Este é o primeiro encontro desse tamanho que eu participo. É muito legal ver a integração de várias cidades e paróquias, todos com o mesmo objetivo”, observa Edenilson Zenzeluk, do Misevi de Prudentópolis.

A programação da tarde iniciou com apresentações culturais. O grupo folclórico infantil da Colônia Dom Pedro II apresentou danças polonesas. Já o grupo adulto Piccola Itália, com membros da Paróquia São Sebastião da Rondinha, mostrou danças de diversas regiões italianas. Valorizando a diversidade cultural brasileira e a convivência entre os povos, a escola de samba Embaixadores da Alegria também esteve presente, com integrantes da Paróquia São Vicente, de Curitiba.

Celebração eucarística

O Encontro foi encerrado com uma celebração eucarística presidida por Dom José Carlos Chacorowski, bispo vicentino de Caraguatatuba, e concelebrada pelo Pe. Tomaž e por todos os padres e seminaristas da Província presentes.

“Tenhamos certeza de que temos uma missão abençoada. Será frutuosa nossa missão se continuarmos tendo o olhar do Pe. Vicente, de Jesus. Todos nós recebemos a vocação à santidade. Cabe a nós bem administrar os bens que o Senhor nos concede”, enfatizou Dom José durante a homilia.

Durante a missa, também foi firmada mais uma aliança. Representantes de todos os ramos da Província entraram com miniaturas de casas, simbolizando o projeto das 13 casas (apresentado pelo Superior Geral), e assinaram uma carta de compromisso para a construção de moradias para quem vive sem teto.

Os ramos e Paróquias receberam ainda, imagens de São Vicente, com a cruz jubilar em sua mão. “São 37 imagens missionárias, que devem inspirar a vivermos cada vez mais o nosso carisma vicentino”, explicou Pe. Joélcio Saibot, pároco da Paróquia Nossa Senhora da Anunciação.

Ao final do evento, Pe. Odair Miguel Gonsalves dos Santos, Superior Provincial, fez um agradecimento especial a todos os envolvidos com a organização do Encontro e às 100 pessoas que trabalharam ao longo do dia. E lembrou que “as nossas comemorações não acabam por aqui. Agora temos o desafio de preparar os próximos 50 anos”.

Família Vicentina na TV

Confira a reportagem da TV Evangelizar sobre o Encontro da Família Vicentina:

Veja mais fotos na página da CMPS no Facebook.